quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Barraco.

Imagens da net.
O menino de rua, já dormiu num berço.
Hoje dorme a luz da lua, as já teve um beijo.
Antes da rua, do frio, da fome, tinha uma casa.

Barraco.

Mas o pai bebia, e na mãe batia, ele a dor sentia e...

Barraco.

 Convidou a mãe para fugir, fugir da vida, fugir do pai.
Fugir do...

Barraco.

A mãe tinha medo da rua, medo da vida solitária,
mas, filho cansado do barraco, bota o pé na estrada,
tem mais medo de perder a cabeça com o pai e...

Barraco.

Menino agora na rua, não dorme. Não é só frio e fome,
é medo que sente pela mãe, agora sozinha com o pai bêbado
lá no velho...

Barraco.

Mãe não dorme, só pensa no frio que o filho passa.
Mãe não come, só pensa na fome que o filho passa,
longe do...

Barraco.

E o pai? O pai bebe. Bebe ainda mais. Quase não vive.
Afoga as dores do remorso, de não ter controlado o vício,
antes de perder seu filho para a rua.
Bebe sua frustração e vai chorar no...

Barraco.


13 comentários:

✿ chica disse...

triste realidade.Profundo e muito lindo,Edilene!!beijos,chica

soninha disse...

Bonito e reflexivo!
beijinhos...

Toninhobira disse...

Realidade estampada em nossa frente amiga.Otima reflexão sobre esta condição que cada vez amplia-se, pela falta de pojetos que faça amenizar.
Meu abraço de paz.
Bom fim de semana.
Bjo.

Anne Lieri disse...

Edilene,muito linda e triste poesia!Bem o jeito da vida nesse Barraco,infelizmente!Bjs,

Andy Santana disse...

Oie,
passei para conhecer o seu blog,
adorei aqui.
beijos

Anne Lieri disse...

Edilene,hoje passei para reler sua poesia e agradecer sua visitinha tb!Bjs,

ONG ALERTA disse...

Pura realidade, beijo Lisette.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Infelizmente esta é a realidade! E não vemos nenhum projeto,à curto prazo, para amenizar esta situação, bem descrita em seu poema. De muita sensibilidade e reflexiva!
Obrigado pelo carinho da visita!
Boa quinta!
Parabéns pelo SEU dia!
Beijos carinhosos!

VELOSO disse...

E morrem na contramão atrapalhando trafego forte e sensivel lembrei de Chico Buarque em Construção! Parabens e tudo de bom em tudo e sempre.

Lindalva disse...

Di que blog inspirador, parabéns - já estou a seguir. Olá.. Sou a Lindalva da Ilha e moderadora do Ostra da Poesia. O teu voto 6º Pena de Ouro foi computado com sucesso. Beijos doces e perfumados no coração.

Milena Matos do Amaral disse...

Olá,eu de novo,é que tenho o facebook do meu blog(Letradinha Leituras) e lá posto os blogs que gosto.Vou compartilhar sue link lá ok?
Bjos!

Carmen Ferreira disse...

Oi Edilene
muito profundo. Nos leva a reflexão....
bjos ♥

Lílian Almeida disse...

Oi Edilene , passando pra te desejar uma linda semana !
que texto ótimo , muito atual e verdadeiro !

http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/
Beijo no ♥ !